SUS e a Atenção Primária

Atenção Primária à Saúde: a porta de entrada preferencial no SUS.

O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores e mais complexos sistemas de saúde pública do mundo, abrangendo desde o simples atendimento para avaliação da pressão arterial até o transplante de órgãos, garantindo acesso integral, universal e gratuito para toda a população do país.

Com a sua criação, o SUS proporcionou o acesso universal ao sistema público de saúde, sem discriminação. A atenção integral à saúde, e não somente aos cuidados assistenciais, passou a ser um direito de todos os brasileiros, desde a gestação e por toda a vida, com foco na saúde com qualidade de vida, visando a prevenção de agravos e a promoção da saúde.

 Abaixo seguem alguns dados sobre a Cobertura da Atenção Primária, no Brasil: 

  N equipes de APS e parametrizadas

Estim.
Pop. Coberta pela APS

Cobertura

(%)

10.073

158.481.179

75,41

Fonte: MS/ junho 2020

No campo da Atenção Primária à Saúde (APS) o SUS recomenda que a atenção seja organizada, preferencialmente, por meio da Estratégia Saúde da Família (ESF). A ESF começou a ser implantada em 1991, com a criação do Programa Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Em 1994 foram formadas as primeiras equipes do Programa Saúde da Família (PSF), hoje, a ESF tem a cobertura de aproximadamente 60% da população brasileira.  A abrangência da ESF no Brasil, na região sudeste, no estado de São Paulo e, mais especificamente, no Departamento Regional de Saúde 13 (DRS 13) pode ser observada nos dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde:

Local

Nº de
Equipes da ESF

Estimativa
de População Coberta pela ESF

Cobertura

(%)

Brasil

43.150

133.175.266

63,37

Sudeste

13.813

44.605.654

50,47

São Paulo

5.204

17.507.871

38,12

 

 

 

 

DRS13

122

414.146

27,18

Vale da Cachoeira

26

82.946

58,66

Horizonte verde

31

106.950

23,89

Aquífero Guarani

65

224.250

23,99

 

 

 

 

Ribeirão Preto

43

148.350

21,09

Fonte: MS/ junho 2020

O DRS 13 é constituído por três regiões de saúde (RS): Vale da Cachoeira, Horizonte Verde e Aquífero Guarani. Ribeirão Preto integra a RS do Aquífero Guarani. Nota-se que a cobertura da ESF no DRS 13 está abaixo dos valores alcançados pelo estado de São Paulo, região sudeste e pelo Brasil. Da mesma forma, observa-se que Ribeirão Preto tem uma baixa cobertura da ESF.

Dados mais detalhados podem ser obtidos nos endereços eletrônicos: https://sisaps.saude.gov.br/painelsaps/saude-familia 

https://www.saude.gov.br/sistema-unico-de-saude